quinta-feira, setembro 30

Preciso me achar


Ando tão cansada, preciso parar um pouco sabe?! Tentar colocar a cabeça em ordem.
 Eu estou precisando de um tempo para mim, pensar só em mim, me encontrar.
Estou precisando saber reconhecer meus defeitos, e aprender a valorizar minhas qualidades.
Reencontrar minhas virtudes. Me encontro no meio de tantas pessoas, mas, me sinto tão sozinha.
Preciso chorar, gritar mais alto, me expressar mais, é muito rancor guardado, é muita angustia.
Eu preciso conseguir perdoar as pessoas, e parar de temer a traição. Já fui traída muitas vezes.
Gostaria de aprender a confiar mais, mas precisaria encontrar alguém em quem confiar.
Preciso desabafar! Preciso de compreensão, preciso encontrar meu tempo, meu espaço.
Tenho dormido tanto, mas não tenho descansado, e não consigo dizer o que é!
Ás vezes me sinto infantil demais, me sinto, fora desse mundo, excluída sabe?! Me sinto, sem valor...
Não sei, talvez seja um vazio aqui dentro, é, deve ser... Mas eu não encontro forma alguma de preenche-lo...

9 comentários:

Ana Paula disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Paula disse...

Posso dizer muito do que você acabou de escrever... :/

Espero que encontre uma forma de aliviar todos esses sentimentos ruins... um desabafo com um amigo pode não fazer com que tudo melhore, mas com certeza não vai fazer piorar.. experimente! ^^'

;*

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

Por vezes nada do que fazemos apetece.
O Sono por mais demorado que seja não nos descansa, pelo contrário cansa.
As horas parecem não passar e o aperto no peito não cessa e nem parece querer cessar.
Não há remédio, não há o que aconselhar.
Espero que encontre a quem confiar, que este possa lhe ser confiante e lhe mostrar quão belo é amar.
Sem temer, constranger tampouco algo temer.
Este é meu desejo para esta noite!
Se quiser conversar, basta chamar!!

Beijos

Geane Luciana disse...

Preciso fazer isso também, mas cada dia é importante se achar!
bjus
>)

Naia Mello disse...

Tantos coisas nos prendem. Nos afligem. Tudo no fim das contas se ajeita.

Angélica Roz disse...

Oiii, adorei o seu modo de escrever! Sensível, sincero e profundo. Vou seguir o seu blog! :)
Começou mais uma promoção no meu blog... o prêmio é um Vale Livro no valor de R$ 350,00. Depois passa lá para participar... :)
Bjss, bom fim de semana!

Jυℓyαnα ツ disse...

Tenho me sentido da mesma forma...
Só o que me resta fazer é desejar que você encontre em si ou ao seu redor o que está te fazendo tanta falta.






;*

Ju Almeida disse...

Ai, Gabi, eu sei como você se sente, mais ou menos, sinto algo parecido às vezes.
Mas, bem, acho que uma coisa boa seria se você podesse ir para um lugar onde pudesse gritar em paz, sei lá, arranja um jeito de ir numa montanha russa para gritar bem muitoi, desabafar mesmo.
E, bem, realmente é importante saber se valorizar. E na coisa de traição, é eu também jpa fui trída, por uma grande amiga, mas sabe o que eu fiz, eu a perdoei. Não ache que foi fácil, porque realmente não foi, chorei demais, mas não dava para perder a amizade dela. Fazer o que, se eu a amo? E tudo foi um mal entendido, apesar, bem, não vem ao caso.
Certas coisas não podemos controlar e não deixamos de viver por causa disso, certo?
Então, vai na montanha russa e grita bem muito, tá?
Eu acho que ajuda.
E continua.
Eu estou torcendo por você!
Beijos, Ju

Ju Silveira disse...

to seguindo aqui :D