terça-feira, março 2

Meu mundo de criança



Era feliz aquele mundo, aquele de antigamente, ele que eu via com olhos totalmente diferentes.
O mundo para mim era doce como o açúcar
Era gostoso como o algodão
Eu via as pessoas como lindos e engraçados palhaços
O circo era minha paixão
Castelos encantados, princesas, tudo era lindo .
A vida era perfeita, o mundo girava em torno da alegria
Era esse meu mundo de criança, um mundo que quando eu fechava os olhos eu via fadas, gnomos, príncipes, princesas, reis e rainhas.
Eu via também aquelas bruxas de chapéus longos, e de vassouras voadoras, com seus grandes narizes com uma berruga no meio.
Era um mundo mágico, um mundo sonhado, era minha realidade.
Papai Noel era o Cara pra mim, todos os anos no natal eu estava lá do lado da chaminé, escondida, só para ver se eu o pegava no flagra, mas eu sempre dormia, e nunca conseguia, mas no dia seguinte eu estava lá rindo da minha recaída anterior, mas eu não desistia, sabia que no próximo ano eu estaria ali de novo, esperando por ele!
Meus amigos imaginários, meu ursinho de pelúcia, meu pijama preferido, meu vestido de princesa, meu arquinho preferido, minha história preferida...
Coisas que faziam parte do meu mundo de criança, coisas que sempre farão parte da minha memória, parte do meu coração!

4 comentários:

Sem Noção disse...

Noosa eu tbm espera pelo Papai Noel, Coelhinho da Páscoa e inclusive o monstro do armário. Nunca consegui pegar nenhum deles.

Hamilton H. Kubo disse...

Esta é a essência que quisera eu nunca fosse perdida.
Já se perguntaram por que os olhos lacrimejam quando vemos uma criança que com suas atitudes surpreendem?
Simples, ela esta fazendo algo por que quer, sem pensar no que terá em troca, com a inôcencia de uma criança e alma de um anjo.
Depois de adultos, muitos se esquecem disso tudo.
E de fato é o que me entristece na sociedade em que vivo.

Meus parabéns pelo post, e que estas lembranças não permaneçam apenas em sua memória mas que também vez ou outra possa ser novamente vivenciada, por exemplo o olhar de uma criança ao dizer que ama e quer muito alguma coisa.

Beijos!

Jυℓyαnα ツ disse...

Deveras é essa a inocência que nunca deveria ser perdida...

[OBS : EU ACREDITO EM FADAS!!!
Afinal que criança nunca gritou isso quando o Peter Pan pede nossa ajuda pra salvar a Sininho??? =D



Bejãooo ;*

Juh soy... disse...

Um Mundo que deixa saudades!