sábado, abril 3

Inúteis manjares





Sirva-se de todos estes manjares
Desfrute dessa dor do mundo, alimente bem sua alma
Satisfaça-se com as dores dos perdidos
Mate sua sede com as lágrimas daqueles que ainda clamam
Tenha todas as riquezas
Todas as belezas
E quando tudo isto terminar, a dor o alcançara, a espada já não irá mais brilhar,
Seu sangue congelará, o sentido da vida perderá, e quando ver que teu estômago clama por mais,
Sentirá o sangue de suas veias, e depois de todos manjares servidos, vomitara seu próprio sangue, e se alimentara da terra seca.
             Pois tudo se acabou...

5 comentários:

Hamilton H. Kubo disse...

Posso ser ódio, posso ser amor.
Não importa quem eu seja, mas saiba que daquilo que se alimenta, logo irá se alimentar de tí.

Magnifico seu post.
Meus sinceros parabéns.

Beijos!

...Lost Angel... disse...

Saudações...

Indiquei o teu blog para ganhar 3 selinhos. É só passar no meu blog e pegar...

Beijoooos

...Lost Angel... disse...

A propósito, gostaria fazer uma parceria, então acabei de adicionar o seu banner no meu blog.

Beijoooos

viick *-* disse...

ah qe medo gaby D: HASUHA
que triiste

Patrícia Azevedo disse...

U-A-U! muito bom! ou melhor, excelente! adorei, parabéns!
até o próximo post :*